fbpx
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
Divertidamente

Divertidamente, você já assistiu? Se ainda não, com certeza já ouviu falar! Eu mais que recomendo essa experiência e, também, a leitura sobre o que vi na animação.

A personagem Tristeza passa o tempo inteiro querendo estar presente nas memórias e nos momentos. Isso parece familiar para você? Então, pense um pouco aí. Agora, perceba como é difícil manter-se motivado e alegre o tempo todo – e ainda mais enquanto empreende!

Ela tem um papel importante em nosso caminhar. Mas não pode tomar as rédeas do dia a dia de forma alguma.

É muito familiar sentir tristeza e se justificar por não saber o por quê de estar presente ou de ser assim. Para manter a disposição, procure distrair a tristeza, bem como ver o lado bom das coisas.

Há até um momento em Divertidamente que Tristeza fala: “ser arrastada é tão gostosinho”.

Agora, traga para sua vida e perceba que, em muitos momentos, gostamos de ser arrastados. Isso é muito real! Além disso, perceba como essa tristeza nos torna vítimas. Desse modo, passamos a ter a falsa sensação de que todos têm a obrigação de nos ajudar. Logo, começamos a nos acomodar e até a colocar a culpa nos outros pelo nosso insucesso.

Use a tristeza para extravasar. Porém, chore e fique triste apenas o tempo necessário para se sentir melhor e se recuperar. A seguir, levante a cabeça e se sinta forte outra vez.

Como vejo outros personagens de Divertidamente

O Medo é extremamente necessário no planejamento e no dia a dia. Afinal, ele representa o cuidado, o anteceder-se ao perigo ou a acontecimentos ruins.

Por isso, ele desempenha um papel importante no seu negócio. Porque mantém o equilíbrio e mantém você em alerta. No entanto, ele não pode congelar ou impedir você de crescer. Portanto, se ele começar a te paralisar, ligue o sinal vermelho, pois há algo errado. Ele não pode comprometer o seu crescimento.

Já a Alegria fica triste por não conseguir manter o estado de felicidade da Tristeza ativa… Imagine que paradoxo isso! No filme Divertidamente, isso é bem forte.

Mas qual é o papel da Alegria?

Manter-nos motivados e felizes. Essas sensações nos tornam infalíveis, fortes e nos trazem a vontade de conquistar e sermos sucesso. Ainda assim, muito cuidado! De forma exagerada, essa euforia também faz com que saiamos do eixo.

No início da animação, ela é quem mantém tudo em ordem e individualizado. Porém, ao longo do tempo, ela percebe que o melhor caminho é sempre misturar todas as emoções para que juntas sejam ainda mais fortes.

Por tudo isso, aprendi a me utilizar do medo, da raiva, da alegria e da tristeza para realizar grandes feitos no meu propósito. E, também, para compreender melhor a mim mesma e aos resultados que obtenho em meu empreendimento.

E você, quando vai ver o filme? Deixe aqui seu comentário e vamos construir conhecimento.

Grande abraço e até a próxima!

Veja também!

Você já assistiu Soul? Descubra seu propósito!

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Newsletter

Posts Relacionados

Como posso te ajudar?