fbpx
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
marketing afiliados

O marketing de afiliados vem conquistando cada vez mais adeptos. E, como todo afiliado quer o maior retorno financeiro possível, está sempre procurando o mercado de sucesso.

Às vezes, eles pensam que uma fórmula mágica está prontamente disponível para eles. Porém, a verdade é um pouco mais complicada que isso. Porque o que de fato ajuda a vender é um conjunto de boas práticas de marketing que foram comprovadas ao longo de anos de trabalho árduo e muita dedicação.

Mas, claro, existem táticas que funcionaram antes no marketing online e que continuam a funcionar no mundo do marketing de afiliados. Por isso, reuni essas três dicas de marketing abaixo.

Continue lendo o texto para aprendê-las. Assim, você será capaz de aumentar suas vendas e sobreviver no marketing de afiliados online.

Páginas web exclusivas (Landing Pages)

Minha primeira dica é usar páginas da web exclusivas para promover cada produto que você está comercializando de forma separada. Se você quer economia, por certo que a melhor estratégia não será juntar todas elas na mesma hospedagem na web. Acredite: é melhor ter uma página com foco em cada produto e nada mais.

Além disso, sempre inclua análises de produtos no site. Assim, os visitantes têm um entendimento inicial sobre o que o produto pode fazer por eles.

Inclua, também, depoimentos de clientes que já experimentaram o produto ou serviço. Porém, antes, certifique-se de que esses clientes estão mais do que dispostos a permitir que você use seus nomes e fotos no site do produto específico que você está comercializando.

Você também pode escrever artigos destacando os usos do produto e incluí-los no site como uma página web adicional. Torne as páginas atraentes e inclua chamadas para ação com base nas informações.

Considere que cada título deve atrair os leitores para ler mais e se interessar pelo produto/serviço. E, até mesmo, entrar em contato com você. Portanto, destaque seus pontos especiais e diferenciais. Isso ajudará seus leitores a aprender sobre o que é a página e desejarão saber mais. Enfim, você acabará se destacando no marketing de afiliados.

NewsLetter

Ofereça informações gratuitas para seus leitores, ou seja, ofereça valor. Desse modo, se possível, posicione a oferta estrategicamente na parte superior da página. Ela deve ser tão irresistível que simplesmente não pode ser perdida.

Crie mensagens de resposta automática para enviar para aqueles que inserirem suas informações pessoais em sua caixa de inscrição. De acordo com pesquisas, uma venda costuma ser fechada no sétimo contato com um cliente potencial.

“Mas isso não é invasivo?” – você pode perguntar. Eu digo que só duas coisas podem acontecer apenas com a página web:

  • Venda fechada;
  • O cliente potencial deixa o site e nunca mais retorna.

Portanto, é importante, sim, colocar informações úteis em suas caixas de entrada em determinado período especificado. Porque, desse modo, você irá lembrá-los mais tarde do produto/serviço que eles andaram vendo.

Dica extra

Seja no marketing de afiliados ou em qualquer outro, a escrita dos seus e-mails precisa ter um objetivo. Assim, procure ter certeza de que o conteúdo é direcionado a motivos específicos para comprar o produto. Igualmente, evite soar como um discurso de vendas.

Concentre-se em pontos importantes, como o modo como seu produto pode tornar a vida e as coisas mais fáceis e agradáveis. Também inclua linhas de assunto convincentes no e-mail.

Tanto quanto possível, evite usar a palavra “grátis”. Ainda existem filtros de spam mais antigos que despejam esse tipo de conteúdo no lixo antes mesmo que alguém tenha a chance de ler.

Em resumo, você deve convencer quem se inscreveu para receber seus relatórios gratuitos de que sentirão falta de algo grande se não fizerem uso de seus produtos e serviços.

Tráfego direcionado

Encare o tráfego direcionado para o seu produto como uma estratégia vital para o seu negócio. Afinal, se o visitante que chega ao site não se interessa pelas suas ofertas, ele fará parte do grupo de pessoas que seguem em frente e nunca mais retornam.

Por isso, você deve não apenas direcionar os visitantes para o seu site, mas também buscar estratégias para retê-los ali. Você pode escrever artigos para publicação em e-zines ou e-relatórios, por exemplo. Dessa forma, você pode localizar publicações voltadas para seus clientes-alvo e, assim, o que você publicou pode atrair o interesse deles.

Procure escrever, no mínimo, 2 artigos com 300 a 600 palavras por semana. Ao manter a produção regular, você pode gerar até 100 leitores direcionados ao seu site em um único dia. Embora a estatística média indique que só 1 a cada 100 visitantes deve comprar seu produto/obter seu serviço, a conta pode crescer.

Se você gerar até 1.000 acessos direcionados para o seu site em um dia, isso significa que você pode fazer 10 vendas com base na estatística média. Agora, basta calcular seu ticket médio para ter uma ideia do retorno financeiro.

Moral da história

Se você pensar bem, as táticas apresentadas acima não parecem muito difíceis de serem aplicadas. Apenas requerem de você um pouco de tempo e, sem dúvida, um plano de ação.

Portanto, a minha sugestão é que você procure usar essas dicas para vários programas de marketing de afiliados. E, talvez, você acabe descobrindo uma boa fonte de renda e consiga sobreviver neste negócio. Aliás, sobreviver é algo que nem todos os comerciantes conseguem.

Se nada disso convenceu você até agora, bem, só imagine o resultado financeiro que você pode alcançar!

Quer saber mais sobre marketing? Talvez seja interessante conhecer mais sobre direcionamento para site ou lista de e-mail. O blog tem muita coisa legal para quem se interessa sobre o assunto, não apenas marketing de afiliados.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Newsletter

Posts Relacionados

Como posso te ajudar?